dezembro 2011

Estou ocupada

Por Sula em 28 de dezembro de 2011

em Tricô, Variados

Tricotando

Estou ocupada, mas não necessariamente com esta aparência, kkkkkkkkkk, estou fazendo várias coisas ao mesmo tempo mas em breve mostro alguma coisa pronta.

Beijos a todas e um maravilhoso 2012!!

 

{ 0 comentários }

Estola do advento terminada

Por Sula em 25 de dezembro de 2011

em Receitas, Tricô

Terminei a “Estola do Advento”, foi um prazer fazê-la e o resultado muito bom, o modelo é lindo.

Estola do Advento

Ficou de bom tamanho…

Estola do Advento

Nas 2 laterais tem aplicação de miçangas, deu um charme…

Estola do Advento

 

“O destino une e separa as pessoas mas, nenhuma força é tão grande para fazer esquecer pessoas, que por algum motivo um dia nos fizeram felizes”.

{ 2 comentários }

Eu te desejo….

Por Sula em 21 de dezembro de 2011

em Variados

Feliz Natal

…Desejo a todos neste Natal e pro resto da vida…

“Eu te desejo
Não parar tão cedo
Pois toda idade tem
Prazer e medo…

E com os que erram
Feio e bastante
Que você consiga
Ser tolerante…

Quando você ficar triste
Que seja por um dia
E não o ano inteiro
E que você descubra
Que rir é bom
Mas que rir de tudo
É desespero…

Desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar
Prá recomeçar…

Eu te desejo muitos amigos
Mas que em um
Você possa confiar
E que tenha até
Inimigos
Prá você não deixar
De duvidar…

Eu desejo!
Que você ganhe dinheiro
Pois é preciso
Viver também
E que você diga a ele
Pelo menos uma vez
Quem é mesmo
O dono de quem…

Eu desejo!
Que você tenha a quem amar
E quando estiver bem cansado
Ainda, exista amor
Prá recomeçar…
(Frejat)

{ 4 comentários }

Quadradinhos de crochê

Por Sula em 19 de dezembro de 2011

em Crochê, Pontos de tricô e crochê

Muito bonitinhos e com várias utilidades…

Square de crochê

Square de crochê

“Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.”
Caetano Veloso

{ 0 comentários }

Hoje vai ser uma festa…

Por Sula em 18 de dezembro de 2011

em Variados

Bolo e guaraná, muito doce pra você. É o seu aniversário.Vamos festejar.

Hoje é a vez dele. Hoje é aniversário do Edgar.

FELIZ ANIVERSÁRIO

Que o caminho seja brando aos teus pés;
Que o vento sopre leve em teus ombros;
Que o Sol brilhe cálido em tua face;
Que as chuvas caiam serenas em teus campos;
Que Deus te carregue na palma da mão!
Muita saúde, paz e amor pra você meu querido.
Continue sempre assim: com doçura, ternura, alegria e amigo em todas as horas.
Eu me alegro por este dia ser seu e mando energia positiva pra vc.

Beijos…“ETA”

 

Edgar

 

Poema Almas Perfumadas

Tem gente que tem cheiro
de passarinho quando canta,
de sol quando acorda,
de flor quando ri.

Ao lado delas,
a gente se sente no balanço de uma rede
que dança gostoso numa tarde grande,
sem relógio e sem agenda.

Ao lado delas,
a gente se sente comendo pipoca na praça,
lambuzando o queixo de sorvete,
melando os dedos com algodão doce
da cor mais doce que tem pra escolher.
O tempo é outro.
E a vida fica com a cara que ela tem de verdade,
mas que a gente desaprende de ver.

Tem gente que tem cheiro
de colo de Deus,
de banho de mar
quando a água é quente e o céu é azul.

Ao lado delas,
a gente sabe que os anjos existem e que alguns são invisíveis.

Ao lado delas,
a gente se sente chegando em casa e trocando o salto pelo chinelo,
sonhando a maior tolice do mundo
com o gozo de quem não liga pra isso.

Ao lado delas,
pode ser abril,
mas parece manhã de Natal,
do tempo em que a gente acordava
e encontrava o presente do Papai Noel.

Tem gente que tem cheiro
das estrelas que Deus acendeu no céu
e daquelas que conseguimos acender na Terra.

Ao lado delas,
a gente não acha que o amor é possível,
a gente tem certeza.

Ao lado delas,
a gente se sente visitando um lugar feito de alegria,
recebendo um buquê de carinhos,
abraçando um filhote de urso panda,
tocando com os olhos os olhos da paz.

Ao lado delas,
saboreamos a delícia do toque suave
que sua presença sopra no nosso coração.

Tem gente que tem cheiro
de cafuné sem pressa,
do brinquedo que a gente não largava,
do acalanto que o silêncio canta,
de passeio no jardim.

Ao lado delas,
a gente percebe que a sensualidade
é um perfume que vem de dentro
e que a atração que realmente nos move
não passa só pelo corpo.
Corre em outras veias.
Pulsa em outro lugar.

Ao lado delas,
a gente lembra que no instante em que rimos
Deus está conosco, juntinho, ao nosso lado.
E a gente ri grande que nem menino arteiro.

Tem gente como você,
que nem percebe como tem a alma perfumada
e que esse perfume é dom de Deus.
Carlos Drummond de Andrade

{ 2 comentários }

Livro: Um Toque na Estrela

Por Sula em 17 de dezembro de 2011

em Livro

Acabei de ler este livro Um toque na estrela de Benoîte Groult.

Uma das mais importantes romancistas e ensaístas de sua geração, a francesa Benoite Groult escreveu, aos 86 anos, um delicado elogio à maturidade. Com um texto sensível e inquietante, ela ilumina com sua lucidez a fobia da velhice e defende a passagem do tempo como conquista da experiência, e não perda da juventude. “Um Toque na Estrela” é uma bela reflexão sobre a vida, um texto em que a autora cria uma personagem que sente o peso da idade, mas ao mesmo tempo esbanja lucidez e bom humor.

Nesse deserto está a força plácida de uma mulher que viveu seus sonhos. Benoîte busca dar um testemunho pessoal sobre suas experiências. Divaga, discute e versa, com ímpeto, compaixão e muitas vezes bom humor sobre a história de Marion, sua mãe Alice e Moira, deusa grega do destino, do inexorável. Através dessa figura mítica que observa, condena, julga e às vezes intervém na vida dos outros personagens, a autora convida o leitor para refletir a seu lado, indagar e contemplar o mundo.

Um toque na estrela

Logo na capa tem um comentário de Lya Luft, um luxo.

Foto da autora na contracapa do livro, bem idosa mas com a mentalidade em perfeito estado. Hoje ela tem 91 anos…

Benoîte Groult

“Os verdadeiros analfabetos são os que aprendem a ler e não lêem.”
Mário Quintana (poeta gaúcho)

{ 0 comentários }

Achei nas andanças pela net.

O primeiro é maravilhoso, reparem que as pipocas ficam deitadas, já pensou uma manta feita com ele? Deve ficar bem fofinha.

O segundo é comum, sem novidade…

Pontos de crochê

 

“Só podemos falar francamente sobre nossos defeitos para aqueles que reconhecem nossas qualidades.”
André Maurois (escritor francês)

{ 0 comentários }

Uma homenagem ao amor!

Por Sula em 15 de dezembro de 2011

em Variados

38 anos

Hoje peço licença  para falar sobre o amor, sobre vida em comum, sobre casamento.

O EDGAR e eu comemoramos  hoje 38 anos de casados. O lindo dia 15 de dezembro de 1973 já vai longe mas estamos aqui juntos ainda, tudo o que prometemos a Deus respondendo as perguntas de um padre estamos cumprindo religiosamente. Então a homenagem é todinha para nós e por isso escrevi algumas palavras para o meu amado marido, segue abaixo…

EDGAR
O ser humano é único, isso já sabemos, cada um é cada um.
Por isso sei que não existe outro igual a você.
Ainda bem e ainda bem também que fui eu que te achei, que te fisquei.
Quando te olhava na rua (e você atravessava fugindo de mim), quando fiz questão que aquela nossa amiga em comum nos apresentasse eu já intuia que conhecer você seria maravilhoso, mudaria a minha vida porque iria conhecer o amor da minha vida.
E assim foi feito e assim se confirmou tudo isso.
Nossos sonhos não foram todos realizados, muitos ficaram pelo caminho e hoje vejo que nem fizeram falta.
Quando nos casamos fizemos planos, imaginamo-nos daí a alguns anos cheios de bens materiais e viagens na lembrança mas agora  depois deste tempo todo eu sei que a única coisa que importa realmente é isso que nós temos, é o nosso amor que ainda está aqui, firme e forte (graças a Deus).
As dificuldades e problemas sempre serviram para nos unir mais, um usando o outro como bengala, se apoiando mutuamente.
Fosse qual fosse a encrenca em que eu me metia, o sonho que eu tentasse realizar, você estava por trás, na retaguarda, pronto para agir incondicionalmente.
Erramos, acertamos, choramos, sofremos, rimos, mas tudo sempre juntos e misturados.
Nem a sua aposentadoria nos separou e olha que não é fácil ficar junto 24 horas por dia, dividir o terreno onde antes eu reinava absoluta.
Mas com muito bom humor e paciência driblamos os problemas e a convivência é pacífica.
Mas isso só é possível porque existe amor e vontade de ficar junto, de ambas as partes.
Hoje faz 38 anos, confesso que não senti o tempo passar, fico mais 38 numa boa, rsrs
Obrigada pela paciência, pelo apoio incondicional, pelo tom da voz que nunca ergueu, pela honestidade, pelo companheirismo, pela mão aberta, pela falta de preguiça, pela falta de vícios, por ter tanto amor a  família que nós  construímos, só nós lhe bastamos, você buscaria a lua se preciso fosse para nos fazer felizes, eu sei.

Obrigada por ter sido sempre um príncipe na minha vida e não ter se transformado no cavalo dele, rsrs!

“ETA”

Nós 2

A um tempo atrás o EDGAR teve Orkut, era nosso aniversário de 35 anos de casados e ele me mandou este lindo depoimento…

Nesta altura da minha vida eu não consigo imaginar como eu estaria hoje sem a Sula.
Simplesmente não sei…
O que sei, é que hoje, eu a quero …….a cada dia mais!
A Sula é uma estrela em minha vida, com um brilho tão intenso que ilumina meus caminhos, me dá forças, me dá colo quando eu mais preciso e me mostra o quanto posso ser forte em momentos de fraqueza.
É uma pessoa extremamente guerreira, com muitos sonhos e muitas diferenças… Diferenças estas que, a cada desavença, só me faz compreender cada vez mais o quanto é rico aprendermos juntos, a cada troca, a cada momento de muitas teimosias!
É maravilhoso poder sentir uma paz tão intensa, se sentir tão amado, desejado, respeitado e admirado quando se está ao lado de alguém! Isto é apenas um grão de areia do que ela me proporciona.
Após tantos anos de convivência nossas vidas se cruzam com tal intensidade, que, mesmo não conseguindo imaginar como eu estaria hoje sem ela, me mostra o valor de um magnífico e puro amor…
Queria te dizer que sem você minha vida não teria graça, que
você é a melhor mulher do mundo, e etc..
Eu sou suspeito para falar, mas quem te conhece sabe que é verdade.
E com o passar do tempo se torna uma pessoa melhor ainda, por causa
dos seus ensinamentos, de sua humildade, bom humor.
Esposa igual não se encontra, mãe igual não se encontra, vó igual não se encontra, porque você é única!!!!!
Obrigado “mãe”, pelo bem que você me faz,
E queria te dizer parodiando seu ídolo:
“como é grande o meu amor , por vc!!!!!!”
queria te dizer, ainda que você vale muito, é meu diamante!!!!
te amoooooooooooooooo!!!!!!!!!!
Mais que a 35 anos atrás
Beijos!!!!! “ETA”

E para selar com chave de ouro nada melhor que ouvir uma declaração de amor incomparável nesta voz espetacular…

http://www.youtube.com/watch?v=X0H4Vx5wH2c

“A capacidade de rir em comum é a essência do amor.”
Françoise Sagan- escritora francesa

{ 4 comentários }

Coisinha meiga

Por Sula em 12 de dezembro de 2011

em Tricô, Variados

Achei esta preciosidade, é bem antiga mas em qualquer tempo o traje é inviável.
Já ri muito olhando “isso”.
Brincadeira né, breguice tem limite, kkkkkkkkkkk…

Conjunto masculino

“A glória deve ser conquistada; a honra, por sua vez, basta que não seja perdida.”

Arthur Schopenhauer (Filósofo alemão)

{ 2 comentários }

Novela A Vida da Gente

Por Sula em 4 de dezembro de 2011

em Patchwork, Variados

Está bem, sou noveleira mesmo, assumo! Afinal é cultural, o brasileiro é ligado em novela e programas de tv.

De vez em quando uma novela me pega mais que as outras e essa novelinha (não menosprezando e sim acarinhando) “A vida da gente” é a bola da vez. Eu paro o que estou fazendo para ficar de olho em tudo, nos mínimos detalhes e como diz meu filho, agradecendo a Deus por termos imagem em HD, porque faz a diferença.

Além de tudo que uma novela deve ter ela tem algo a mais, e sem dúvida é o cenário, o lugar onde ela é ambientada.

O sul do país é lindíssimo, lembra a Europa, o clima é fenomenal (gosto do frio), as flores dão aquele ar romântico (hortênsia é minha flor favorita), tudo enfim me encanta e estou doida para ir morar lá, em Gramado de preferência, rsrs

E para nós que lidamos com artesanato, gostamos, valorizamos tudo que é feito para enfeitar e acrescentar algo a mais ao nosso dia a dia, a casa da vó Iná (Nicete Bruno) é apaixonante, de encher os olhos, ela é uma mistura de casinha de boneca com a casa do papai e da mamãe Noel…

Novela A vida da gente-sala

Atentem para a toalha de mesa e a almofada feita de fuxico…

Novela A vida da gente-sala

Aqui vocês podem ver mais fotos dos vários ambientes da novela, tudo feito com muito esmero, para encantar porque novela é para ser isso mesmo, um conto de fadas!

 

“Tenho em mim todos os sonhos do mundo.”

Fernando Pessoa

{ 3 comentários }