maio 2014

Macacão para Bebê em Tricô

Por Sula em 29 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Lindo macacão para bebê em tricô, essa receita é do tempo do epa, mas sempre atual. Já fiz muitos desses.
Veste bem, é confortável, prático, vistoso, bonito e o que é mais importante, rápido e fácil de fazer.
É só querer fazer, pegar as agulhas e num instante está pronto…

Macacão para bebê em tricô

As costas fechada com 3 botõezinhos…

Macacão para bebê em tricô

Pode-se variar o ponto ou mesmo fazê-lo inteirinho listrado.
Eu usei outro ponto porque só tricô parece que não rende, dá sono, além do que esse ponto fantasia é uma graça.

Macacão para bebê em tricô

As barrinhas da calça e das mangas fiz de um modo diferente que fica bem fofinho, depois das fotos dou a receita.

Macacão para bebê em tricô

Abertura das perninhas para facilitar a troca de fraldas…

Macacão para bebê em tricô

A pala feita com fio igual mas em cores diferentes…

Macacão para bebê em tricô

Penduradinho no cabide, um encanto só…

Macacão para bebê em tricô

A receita original foi tirada da revista Mon Tricot, a folha bem amarelada pelo tempo, rsrs

Macacão para bebê em tricô

É só seguir a receita da revista que não tem erro, só vou explicar umas coisinhas que fiz diferente.

Usei o fio Mais Bebê Soft (Círculo) nas cores azul e branco.

Agulha nº 4, o tempo todo só usei essas agulhas, não troquei como indica a receita, porque fiz a barra dupla e ela encolhe bastante então poderia ficar muito apertada.

Coloquei 60 pontos e não aumentei nenhum depois da barra.

Barra dupla, 4 cm ou 10 carreiras:
1ª carreira: *1 tricô, 1 meia*
2ª carreira: 1 ponto de borda (tricô) *1 meia, 1 tricô sem fazer (colocar o fio para frente, passar o ponto da agulha esquerda para a agulha direita sem fazê-lo, voltar o fio para trás), 1 meia, 1 tricô sem fazer, 1 meia*, 1 ponto de borda (tricô).
3ª carreira: 1 ponto de borda (tricô) *tira 1 tricô sem fazer, 1 meia* 1 ponto de borda (tricô).

No avesso mudei a cor do fio (branco) e fiz a carreira toda em tricô.
No direito toda em meia com o mesmo fio.
No avesso mudei a cor do fio (azul) e fiz a carreira toda em tricô.

Agora começa o ponto fantasia:
1ª carreira: 1 tricô de borda *1 meia, 1 tricô* 1 tricô de borda.
2ª carreira: Toda em tricô.
3ª carreira: Toda em meia.
4ª carreira: Toda em tricô.
5ª carreira: Voltar a 1ª carreira.

“A vida é assim: esquenta e esfria, aperta e daí afrouxa, sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem”
Guimarães Rosa

{ 6 comentários }

Gorro Duas Cores em Tricô para Adulto

Por Sula em 26 de maio de 2014

em Receitas, Tricô

O gorro é feito com duas cores, uma cor de base e outra para fazer os desenhos, bem fácil e gostoso de tricotar.
O tamanho é para uma cabeça de adulto com mais ou menos 59 cm de circunferência…

Gorro duas cores em tricô

Detalhe do ponto…

Gorro duas cores em tricô

Pompom no alto…

Gorro duas cores em tricô

Vestindo a minha modelo Manu, ficou um pouco grande para ela já que é para adulto e ela tem 10 anos…

Gorro duas cores em tricô

Sem mostrar o rosto porque o que importa é a peça, profissional, hahaha…

Gorro duas cores em tricô

RECEITA:

Usei o fio Premium (Cisne) nas duas cores mas pode-se usar qualquer fio que seja compatível com agulha para tricô nº 4.

110 pontos
Barra 1/1 (1 tricô, 1 meia) por 8 carreiras.
1 carreira em meia (direito do trabalho).
1 carreira tricô (avesso do trabalho).
Repete essas 2 carreiras mais uma vez.

Começamos agora a “colorir”, chamando o fio que é a base do gorro como cor “A” e o fio que fará os desenhos como cor “B”, fazendo assim:

Direito, toda feita em ponto meia:
(Com a cor A) 1 tricô de borda, 2 meias,
(cor B) 1 meia,
(cor A) 5 meias,
(cor B) 1 meia…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Avesso, toda feita em ponto tricô:
(Cor A) 1 tricô de borda,
(Cor B) 1 tricô,
(Cor A) 1 tricô,
(Cor B) 1 tricô,
(Cor A) 3 tricôs,
(Cor B) 1 tricô,
(Cor A) 1 tricô,
(Cor B) 1 tricô,
(Cor A) 3 tricôs…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Direito, toda feita em ponto meia:
(Cor A) 1 tricô de borda, 2 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.

Direito, toda feita em ponto meia:
(Cor A) 1 tricô de borda,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 4 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias,
(Cor B) 1 meia…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.

Direito, toda feita em ponto meia:
(Cor A) 1 tricô de borda, 2 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.
Direito toda em meia com a cor A.
Avesso toda em tricô com a cor A.

Direito, toda feita em ponto meia:
(Cor A) 1 tricô de borda,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 4 meias,
(Cor B) 1 meia,
(Cor A) 5 meias,
(Cor B) 1 meia…
Segue dessa maneira até o final da carreira terminando com 1 tricô na cor A.

Continua dessa forma: faz 5 carreiras com a cor A, direito meia, avesso tricô, e na 6ª carreira (direito) introduz a cor B desencontrando a cor da carreira anterior onde fez o desenho.

Fiz o desenho maior e 5 desenhos pequenos, ficou com 20 cm desde a barra até o final.

Quando terminei as 5 carreiras depois do último desenho, fiz 1 carreira em meia pegando de 2 em 2 pontos, fiquei então com a metade dos pontos na agulha.

Cortei o fio bem comprido, passei por dentro de uma agulha de costura e peguei todos os pontos, puxei bem firme e dei um nozinho.
Aproveitei o fio e desci costurando a lateral do gorro.
Fiz um pompom e coloquei no topo.

Para quem não sabe fazer pompom, dá uma olhada no PAP que fiz mostrando como fazer com duas cores mas se quiser só com uma é só fazer só com uma cor.

DICA:
Não estique muito o fio quando trocar as cores, deixe soltinho, com uma folga porque senão na hora de vestir vai ficar repuxando e pode até nem servir na cabeça.
Esqueci de tirar foto mostrando o avesso, desculpe.

Usando essa receita você pode diversificar a forma como ficarão os desenhos, use a imaginação e criatividade.

“Dar menos que o seu melhor, é sacrificar o dom que recebeu”
Steve Prefontaine

{ 1 comentário }

E assim foram publicadas todas as receitas do conjunto para bebê saída de maternidade, espero que tenham gostado e façam bom proveito.
Para ver as receitas de todas as peças é só olhar nas postagens anteriores a essa…

Conjunto saída de maternidade

“Um grande obstáculo a felicidade é esperar uma felicidade desmedida”
Bernard Fontenelle

{ 0 comentários }

Receita da Touca para Bebê em Tricô

Por Sula em 19 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Esta touquinha é um charme só, eu adoro esse modelinho que é antigo mas sempre atual.
Ela faz parte do conjunto Saída de maternidade e agora vou dar a receita…

Touquinha em tricô

RECEITA:
A lã é a mesma da manta.
Agulha de tricô nº 3,5.

70 pontos

3 cordões de tricô (6 carreiras).
10 carreiras de ponto arroz (receita abaixo).
10 carreiras de ponto losango em ajur (receita abaixo).
26 carreiras de ponto arroz.

Arremate 25 pontos, faça 20 pontos em ponto arroz, arremate 25 pontos.
40 carreiras em ponto arroz com os 20 pontos que sobraram na agulha.
Arremate.
Costure os dois lados que se formaram quando foram arrematados os 25 pontos de cada lado.
Na parte de baixo da touquinha pegue 60 pontos (é onde terá a fita).
Faça 3 carreiras de tricô, 1 carreira de passa-fitas da seguinte maneira:
3 tricôs, 1 laçada, 2 pontos juntos em tricô e repete até o final da carreira.
Faça mais 3 carreiras de tricô e arremate.
Passe a fitinha e está pronta a touquinha.

Ponto arroz:
1ª carreira: * 1 tricô, 1 meia*
2ª carreira: *1 meia, 1 tricô*
3ª carreira: Voltar a 1ª carreira

Ponto losango em ajur:
Parece que esse ponto tem uma separação entre eles mas não tem, é só fazer como diz a receita que o desenho se faz normalmente. São necessários 10 pontos e 10 carreiras para cada desenho…
1ª carreira: *4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.
2ª carreira e pares: tudo tricô
3ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
5ª carreira: *2 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 meias*.
7ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
9ª carreira: 4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.

“Saber ouvir quase que é responder”
Pierre de Marivaux

{ 2 comentários }

Receita da Luva para Bebê em Tricô

Por Sula em 15 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

A luva também faz parte do conjunto saída de maternidade

Luva para bebê

A lã foi a mesma que usei para fazer a manta.

A receita já mostrei aqui como se faz através de um PAP.
A diferença foi o ponto utilizado, nessa fiz o ponto arroz.

Ponto arroz:

1ª carreira: *1 tricô, 1 meia*
2ª carreira: *1 meia, 1 tricô*
3ª carreira: Voltar a 1ª carreira

“Antes de embarcar em uma vingança, cave duas covas”
Confúcio

{ 3 comentários }

Receita do sapatinho de bebê que faz parte do conjunto saída de maternidade

Sapatinho de bebê em tricô

RECEITA:

Com a mesma lã da manta e agulha nº 3,5.

45 pontos, fazer 7 cordões de tricô (14 carreiras).

Para formar o peito do pé fazer 19 tricôs, mais 6 tricôs e no sétimo pegar 2 pontos juntos em tricô, voltar daí, simplesmente vire o trabalho, não faça o restante dos pontos.
Faça assim por 12 carreiras ou até que tenha 33 pontos na agulha, sempre pegando o 7º ponto junto com o próximo e voltando daí.
No final segue a carreira até o fim.

Volte fazendo um passa-fitas (1 tricô *1 laçada, 2 pontos juntos em tricô* 1 tricô).

Em seguida comece o ponto losango em ajur:
Parece que esse ponto tem uma separação entre eles mas não tem, é só fazer como diz a receita que o desenho se faz normalmente. São necessários 10 pontos e 10 carreiras para cada desenho…
1ª carreira: *4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.
2ª carreira e pares: tudo tricô
3ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
5ª carreira: *2 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 meias*.
7ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
9ª carreira: 4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.

Fazer 3 cordões de tricô (6 carreiras) e arrematar frouxo.
Costurar e passar a fitinha.

“Já caí muitas vezes achando que iria me reerguer;
Já me reergui inúmeras vezes achando que não cairia mais”
Clarice Lispector

{ 4 comentários }

Calça comprida para bebê em tricô

Por Sula em 5 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Agora é a vez da receita da calça comprida, também parte da saída de maternidade.

Calça comprida

RECEITA:

A lã é a mesma usada na manta.

Agulhas nº 3,5 e 4.

Com a agulha nº 3,5 monte 45 pontos.
Fiz 12 carreiras de barra dupla que é assim:
1 tricô de borda, 1 meia, passa o fio para frente e tira um ponto sem fazer, passa o fio para trás e faz 1 meia, repete assim até o final e termina com 1 tricô.
Na volta faz a mesma coisa, onde fez o meia na carreira anterior vai tirar o ponto sem fazer nessa carreira e onde tirou o ponto sem fazer vai fazer o meia.
Essa barra fica fofinha, mais grossa, se você tirá-la da agulha vai ver que ela se abre em duas partes, uma parte não encosta na outra, fica dupla, se não ficar, se prender em alguma parte então você fez algo errado, deixou algum ponto sem tirar, fez dois seguidos.
Mas isso é só um detalhe, não precisa tirar da agulha para ver se deu certo, ok?
Só se tiver curiosidade, como eu, rsrs.

Depois da barrinha, mude para agulha nº 4 e faça o ponto arroz por 15 cm.

Ponto arroz:
1ª carreira: * 1 tricô, 1 meia*
2ª carreira: *1 meia, 1 tricô*
3ª carreira: Voltar a 1ª carreira

Deixar essa perna a espera e fazer a outra igual.

Juntar as duas pernas na mesma agulha (nº 4) e fazer mais 15 cm do ponto arroz.

Mudar para agulha º 3,5 e fazer barra 1/1, (normal, não dupla), por 11 carreiras.
Fazer uma carreira de passa-fitas (1 tricô, *1 laçada, 2 pontos juntos em tricô* 1 tricô)
Mais 11 carreiras da barra 1/1 e arremate frouxo.

Costure nas entrepernas, subindo até o cós e vire a barrinha da cintura para costurar e formar o dente de gato.

Não coloquei elástico na cintura, nem nada, porque achei que ficou legal para passar no bebê e depois ficar firme no corpinho, por isso tem que arrematar sem puxar muito.

“Duvides que as estrelas sejam fogo, duvides que o sol se mova, duvides que a verdade seja mentira, mas não duvides jamais de que te amo”
William Shakespeare (frase usada no filme “Cartas para Julieta”).

“Duvide do brilho das estrelas
Duvide do perfume de uma flor
Duvide de todas as verdades
Mas nunca duvide do meu amor” (Adaptação Hamlet)
William Shakespeare

{ 19 comentários }

Receita do casaquinho de bebê

Por Sula em 1 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Começando a pagar promessa, receita do casaquinho do conjunto saída de maternidade

Casaquinho de bebê em tricô

Detalhe da pala… eu, particularmente, não gosto de casaquinho que precisa de fita para apertar a gola.
Faço, claro que faço, mas não gosto, acho sem elegância, acho até que incomoda o bebê, não para, escorrega, fica desamarrando.
Então, por isso gosto tanto dessa pala, botõezinhos e pronto, acabou o problema…

Casaquinho de bebê em tricô

RECEITA:

A lã é a mesma que usei para fazer a manta.

Com agulha nº 3,5 monte 80 pontos.
Faça ponto de barra 1/1 (1 tricô, 1 meia) por 4 carreiras
Faça 3 carreiras de barra respeitando 5 tricôs no começo e 5 no fim, aqui é bom que se coloque um marcador para não esquecer, ajuda bastante.
Na 4ª faça um passa-fitas, 1 tricô, 2 pontos juntos em tricô, 1 laçada, 2 pontos juntos em tricô, 1 laçada e assim até o final da carreira, terminando com 1 tricô.

Um aparte: Essa carreira não será para passar uma fita, como vão ver mais abaixo.

Da 5ª a 8ª carreira continue o ponto barra 1/1, respeitando os 5 tricôs no início e os 5 no final.
Aqui encerramos essa parte que será a golinha, depois de pronto o casaquinho, dobre-a, de modo que o passa-fitas forme uns bicos chamados de dente de gato, é para dar um charme na peça, fica bem bonitinho.
9ª carreira: 1ª casa de botão
Nos 5 primeiros pontos faça a casa: 2 tricôs, 1 laçada, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô.
As próximas casas faça a espaços regulares, eu fiz a cada 16 carreiras, ou 8 cordões, não se esqueça de fazê-las.
Termine a carreira com meia e os 5 tricôs.
10ª carreira: tricô
11ª carreira: meia
12ª carreira: tricô
13ª carreira: meia
14° carreira: tricô

PALA:
1ª carreira: (direito) 5 tricôs, 3 meias, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada *6 meias, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada* terminar com 3 meias, 5 tricôs.
2ª carreira e todas as pares: em tricô
3ª carreira: 5 tricôs * meia* 5 tricôs
Repetir 6 vezes as carreiras de 1 a 4, respeitando laçadas sobre laçadas e os 5 tricôs do começo e do final da carreira.
Fazer agora 3 cordões de tricô (6 carreiras).

DIVISÃO:
Mudei para agulha nº 4 e comecei ponto arroz (1 tricô, 1 meia e na próxima carreira desencontra os pontos), sempre deixando os 5 tricôs no começo e no fim da carreira.
31 pontos para a frente (26+5)
38 pontos para a manga (deixe a espera num alfinete)
62 pontos para as costas
38 pontos para a manga (deixe a espera num alfinete)
31 pontos para a frente (26+5)
Aqui teremos 124 pontos na agulha ao todo, com as bordas e sem as mangas.

Corpo do casaquinho: 30 carreiras de ponto arroz.

Comece agora, no direito do trabalho, o ponto losango em ajur:
Parece que esse ponto tem uma separação entre eles mas não tem, é só fazer como diz a receita que o desenho se faz normalmente.
São necessários 10 pontos e 10 carreiras para cada desenho… não esqueça dos 5 tricôs nas bordas.
1ª carreira: *4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.
2ª carreira e pares: tudo tricô
3ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
5ª carreira: *2 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 meias*.
7ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
9ª carreira: 4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.

Terminada as 10 carreiras do ponto losango em ajur fazer 3 cordões de tricô (6 carreiras) e arrematar.

Mangas:
Com os 38 pontos faça 26 carreiras do ponto arroz.
Para começar o ponto losango em ajur aumente 1 ponto no começo da carreira, depois da borda e um ponto no final, antes da borda para poder dar certo o ponto.
Na última carreira, ou seja, na 10ª diminua esses 2 pontos que colocou a mais.
Mude para agulha 3,5 e faça 7 carreiras de ponto barra 1/1 e arremate na 8ª carreira.

Um outro aparte:
Costure as mangas e a golinha dobrando-a para dentro para formar o dente de gato, pregue os botões.

“A oração é necessária não para que Deus conheça as nossas necessidades, mas para que nós fiquemos conhecendo a necessidade que temos de recorrer a Deus, para receber oportunamente os socorros da salvação”.
São Tomás

{ 63 comentários }