Tricô

Receita do casaquinho de bebê

Por Sula em 1 de maio de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Começando a pagar promessa, receita do casaquinho do conjunto saída de maternidade

Casaquinho de bebê em tricô

Detalhe da pala… eu, particularmente, não gosto de casaquinho que precisa de fita para apertar a gola.
Faço, claro que faço, mas não gosto, acho sem elegância, acho até que incomoda o bebê, não para, escorrega, fica desamarrando.
Então, por isso gosto tanto dessa pala, botõezinhos e pronto, acabou o problema…

Casaquinho de bebê em tricô

RECEITA:

A lã é a mesma que usei para fazer a manta.

Com agulha nº 3,5 monte 80 pontos.
Faça ponto de barra 1/1 (1 tricô, 1 meia) por 4 carreiras
Faça 3 carreiras de barra respeitando 5 tricôs no começo e 5 no fim, aqui é bom que se coloque um marcador para não esquecer, ajuda bastante.
Na 4ª faça um passa-fitas, 1 tricô, 2 pontos juntos em tricô, 1 laçada, 2 pontos juntos em tricô, 1 laçada e assim até o final da carreira, terminando com 1 tricô.

Um aparte: Essa carreira não será para passar uma fita, como vão ver mais abaixo.

Da 5ª a 8ª carreira continue o ponto barra 1/1, respeitando os 5 tricôs no início e os 5 no final.
Aqui encerramos essa parte que será a golinha, depois de pronto o casaquinho, dobre-a, de modo que o passa-fitas forme uns bicos chamados de dente de gato, é para dar um charme na peça, fica bem bonitinho.
9ª carreira: 1ª casa de botão
Nos 5 primeiros pontos faça a casa: 2 tricôs, 1 laçada, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô.
As próximas casas faça a espaços regulares, eu fiz a cada 16 carreiras, ou 8 cordões, não se esqueça de fazê-las.
Termine a carreira com meia e os 5 tricôs.
10ª carreira: tricô
11ª carreira: meia
12ª carreira: tricô
13ª carreira: meia
14° carreira: tricô

PALA:
1ª carreira: (direito) 5 tricôs, 3 meias, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada *6 meias, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada* terminar com 3 meias, 5 tricôs.
2ª carreira e todas as pares: em tricô
3ª carreira: 5 tricôs * meia* 5 tricôs
Repetir 6 vezes as carreiras de 1 a 4, respeitando laçadas sobre laçadas e os 5 tricôs do começo e do final da carreira.
Fazer agora 3 cordões de tricô (6 carreiras).

DIVISÃO:
Mudei para agulha nº 4 e comecei ponto arroz (1 tricô, 1 meia e na próxima carreira desencontra os pontos), sempre deixando os 5 tricôs no começo e no fim da carreira.
31 pontos para a frente (26+5)
38 pontos para a manga (deixe a espera num alfinete)
62 pontos para as costas
38 pontos para a manga (deixe a espera num alfinete)
31 pontos para a frente (26+5)
Aqui teremos 124 pontos na agulha ao todo, com as bordas e sem as mangas.

Corpo do casaquinho: 30 carreiras de ponto arroz.

Comece agora, no direito do trabalho, o ponto losango em ajur:
Parece que esse ponto tem uma separação entre eles mas não tem, é só fazer como diz a receita que o desenho se faz normalmente.
São necessários 10 pontos e 10 carreiras para cada desenho… não esqueça dos 5 tricôs nas bordas.
1ª carreira: *4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.
2ª carreira e pares: tudo tricô
3ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
5ª carreira: *2 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 meias*.
7ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
9ª carreira: 4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.

Terminada as 10 carreiras do ponto losango em ajur fazer 3 cordões de tricô (6 carreiras) e arrematar.

Mangas:
Com os 38 pontos faça 26 carreiras do ponto arroz.
Para começar o ponto losango em ajur aumente 1 ponto no começo da carreira, depois da borda e um ponto no final, antes da borda para poder dar certo o ponto.
Na última carreira, ou seja, na 10ª diminua esses 2 pontos que colocou a mais.
Mude para agulha 3,5 e faça 7 carreiras de ponto barra 1/1 e arremate na 8ª carreira.

Um outro aparte:
Costure as mangas e a golinha dobrando-a para dentro para formar o dente de gato, pregue os botões.

“A oração é necessária não para que Deus conheça as nossas necessidades, mas para que nós fiquemos conhecendo a necessidade que temos de recorrer a Deus, para receber oportunamente os socorros da salvação”.
São Tomás

{ 78 comentários }

Saída de maternidade em tricô

Por Sula em 28 de abril de 2014

em Bebê, Tricô

Conjunto completo em tricô para sair da maternidade, o bebê nasce em junho, então vai estar bem frio por aqui.
Fiz a manta, aquela do post anterior, o casaquinho, a calça, luvas, touquinha e sapatinho, todos com ponto losango em ajur e ponto arroz.
As receitas vão vir aos poucos, aguardem…

Saída de maternidade

“Dai-me Senhor, a perseverança das ondas do mar, que fazem de cada recuo um ponto de partida para um novo avanço”
Cecília Meireles

{ 17 comentários }

Manta para bebê em tricô

Por Sula em 21 de abril de 2014

em Bebê, Receitas, Tricô

Manta para bebê em tricô, foi feita com ponto losango em ajur intercalado com ponto arroz e o barrado fiz com ponto segredo em crochê.
Essa é a primeira peça de um conjunto completo para saída de maternidade, conforme Jack (o estripador) vamos por partes, doses homeopáticas, hoje vou mostrar só a manta, hehe…

Manta para bebê em tricô

Detalhe dos pontos…

Manta para bebê em tricô

Detalhe do barrado em ponto segredo…

Manta para bebê em tricô

Manta para bebê em tricô

Manta para bebê em tricô

RECEITA:

Lã Bebê Comfort (Cisne) branca (é escrito no rótulo Comfort com “M”, não é erro meu), usei um novelo e mais um pouquinho do outro.

Agulha nº 4

140 pontos

20 carreiras de ponto arroz:
1ª carreira: 1 tricô, 1 meia até o final da carreira.
2ª carreira: onde fez tricô faz meia, onde fez meia faz tricô, até o final da carreira
Repete sempre essas 2 carreiras.

10 carreiras do ponto losango em ajur, parece que esse ponto tem uma separação entre eles mas não tem, é só fazer como diz a receita que o desenho se faz normalmente. São necessários 10 pontos e 10 carreiras para cada desenho…
1ª carreira: *4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.
2ª carreira e pares: tudo tricô
3ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
5ª carreira: *2 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 meias*.
7ª carreira: *3 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 3 meias*.
9ª carreira: 4 meias, 2 pontos juntos em meia, 1 laçada, 4 meias*.

Vai repetindo assim até o tamanho desejado mas acabe o trabalho com as 20 carreiras do ponto arroz.
Faça ao redor o ponto segredo ou outro que queira.
Existem no YouTube muitos vídeos onde ensinam como fazer o ponto segredo, porque uma imagem vale mais que mil palavras, não é mesmo?

“Aqueles que nos amam, nos amem.
E aqueles que não nos amam que Deus transforme os seus corações e se não conseguir mudar os seus corações, que torça os seus tornozelos, vamos reconhecê-los porque eles vão mancar”
Frase do filme: Tenha fé

{ 26 comentários }

Sapato de tricô unissex

Por Sula em 23 de setembro de 2013

em Receitas, Tricô

Mais um sapato de lã, de tricô, costumo chamá-lo de sapato de quarto, ou seja, é para ser usado em casa, para dormir, por cima de meias.
Esse modelo é unissex.

Sapato de tricô

Na foto abaixo eu dobrei o caninho do sapato, não fiz ele muito grande…

Sapato de tricô

Aumente os pontos de acordo com o tamanho do pé, sempre colocando número ímpar de pontos. Eu calço nº 36, vejam como ficou no meu pé…

Sapato de tricô

RECEITA:

71 pontos na agulha.

Faça 8 cordões em tricô (cordões são carreiras de ida e volta, uma carreira no direito e uma no avesso formam 1 cordão de tricô).

1ª carreira: 33 meias, 1 mate simples (tire um ponto sem fazer em meia, faça o próximo em meia e passe o ponto sem fazer pelo ponto tricotado), 1 meia, 2 pontos juntos em meia, 33 meias.
2ª carreira: 32 tricôs, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô, 2 pontos juntos em tricô, 32 tricôs.
3ª carreira: 31 meias, 1 mate simples, 1 meia, 2 pontos juntos em meia, 31 meias.
4ª carreira: 30 tricôs, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô, 2 pontos juntos em tricô, 30 tricôs.
5ª carreira: 29 meias, 1 mate simples, 1 meia, 2 pontos juntos em meia, 29 meias.
6ª carreira: 28 tricôs, 2 pontos juntos em tricô, 1 tricô, 2 pontos juntos em tricô, 28 tricôs.
Vai fazendo assim até ter 17 meias, 1 mate simples, 1 meia, 2 pontos juntos em meia, 17 meias (carreira ímpar, direito do trabalho).
Volte fazendo tudo tricô.
Comece agora o ponto sanfona (2 tricôs, 2 meias) para fazer o cano do sapato, faça até o tamanho desejado e arremate.

“O exercício do silêncio é tão importante quanto a prática da palavra”
William James

{ 9 comentários }

Estou fazendo um cachecol de tricô com o ponto coração, a lã é bem grossa e a agulha é a nº 7…

Ponto de tricô coração

RECEITA:

São 23 pontos na agulha.

Para fazer o desenho do coração são necessários 17 pontos. Os 3 tricôs no início e final de cada carreira são para fazer a moldura do trabalho, por isso podem ser feitos da maneira que quiserem, maior ou menor.

1ª carreira: 3 tricôs, 3 meias, laçada, 2 pontos juntos em meia, 3 meias, laçada, 1 meia, laçada, 3 meias, mate simples, laçada, 3 meias, 3 tricôs.

2ª carreira e todas as pares: 3 tricôs, 2 meias, tricô até os cinco últimos pontos, 2 meias, 3 tricôs.

3ª carrreira: 3 tricôs, 4 meias, laçada, 4pontos juntos em meia, laçada, 3 meias, laçada, 4 pontos juntos em meia, laçada, 4 meias, 3 tricôs.

5ª carreira: 3 tricôs, 4 meias, 2 pontos juntos em meia, laçada, 5 meias, laçada, mate simples, 4 meias, 3 tricôs.

7ª carreira: 3 tricôs, 3 meias, 2 pontos juntos em meia, laçada, 7 meias, laçada, mate simples, 3 meias, 3 tricôs.

9ª carreira: 3 tricôs, 2 meias, 2 pontos juntos em meia, laçada, 9 meias, laçada, mate simples, 2 meias, 3 tricôs.

Repetir as carreiras 1 a 10.

“Se sou esquecido, devo esquecer também. Pois amor é feito espelho: tem que ter reflexo”
Pablo Neruda

{ 21 comentários }

Cachecol em tricô feito na diagonal, um pouco diferente dos tradicionais, achei interessante…

Cachecol diagonal

Não fiz ele muito comprido…

Cachecol diagonal

No original não vi franjas mas resolvi colocar…

Cachecol diagonal

Na receita abaixo você vai se deparar com termos que podem não ser tão conhecidos pelas pessoas que são iniciantes na arte de tricotar então eu vou explicar antes de começarem.
Primeiro é o SSK e aqui tem um vídeo que ensina como ele é feito, apesar do nome em inglês (não temos a tradução dele) é tão fácil de fazer que chega a ser bobinho, rsrs.
O outro é o mate duplo que é feito assim:
Tira um ponto em meia sem fazer, faz 2 pontos meias juntos e passa o ponto sem fazer sobre o ponto tricotado.

RECEITA:

Usei a lã Magic Fog e agulha nº 5.

Monte 2 pontos na agulha.

1ª carreira: 1 meia e 1 tricô no primeiro ponto, 1 meia e 1 tricô no segundo ponto… isso vai fazer ficarem 4 pontos na agulha agora.

2ª carreira e todas as pares em meia.

3ª carreira: 2 meias, 1 laçada, 2 meias.

5ª carreira: 2 meias, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada, 2 meias.

7ª carreira: 2 meias, 1 laçada, 3 meias, 1 laçada, 2 meias.

9ª carreira: 2 meias, 1 laçada, 5 meias, 1 laçada, 2 meias.

Continue dessa forma até a carreira 23…

23ª carreira: 2 meias, 1 laçada, 1 meia *1 laçada, 2 pontos juntos em meia (8 vezes)*, 1 laçada, 1 meia, 1 laçada, 2 meias.

Continue como vinha fazendo antes da 23ª carreira até ficar com 37 pontos na agulha.

Agora faça: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 30 meias, 1 laçada, 2 meias.

Próxima carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 1 mate duplo, 1 laçada *2 pontos juntos em meia, 1 laçada (14 vezes)*, 1 meia, 1 laçada, 2 meias.

Agora faça 10 carreiras assim: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 30 meias, 1 laçada, 2 meias.

Repetir das carreiras 43 a 68 até o comprimento desejado.

Carreiras de diminuição:

1ª carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 27 meias, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

3ª carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 25 meias, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

Continue dessa forma até restarem só 27 pontos na agulha.

13ª carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 1 mate duplo, 1laçada, *2 pontos juntos em meia, 1 laçada (8 vezes)*, 1 meia, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

15ª a 29ª carreiras: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, meia até sobrarem 5 pontos… ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

31 carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 1 mate duplo, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

33ª carreira: 1 meia, ssk, 1 laçada, 2 pontos juntos em meia, 1 meia.

35ª carreira: 1 meia, 1 mate duplo, 1 meia.

37ª carreira: 1 sem fazer, 2 pontos juntos em meia, passa o ponto sem fazer sobre este ponto tricotado.

Arrematar.

O crédito pela tradução é do Blog By Day a quem agradeço.

“Se eu vi mais longe foi por estar em pé sobre ombros de gigantes”
Isaac Newton

{ 8 comentários }

Sapatilha de tricô para adulto

Por Sula em 16 de agosto de 2013

em Receitas, Tricô

Mais um sapatinho de tricô para quarto, muito útil para esse frio que está fazendo, pelo menos aqui na minha cidade está e muito.
Por ele ser mais raso, sem barra que sobe no tornozelo, então eu o chamo de sapatilha.
Parece pequeno mas a medida é para adulto. Lã, sabe como é, estica…

Sapatilha de tricô

RECEITA:

Usei lã Família e agulha nº 5.

48 pontos na agulha.

1ª a 4ª carreiras: *1 tricô, 1 meia*

5ª carreira: 20 pontos em ponto arroz: 1 tricô,1 meia, depois 1 aumento, 1 meia, 1 aumento, 1 meia, 1 aumento, 4 meias, 1 aumento, 1 meia, 1 aumento, 1 meia, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz: 1 tricô, 1 meia.

6ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, agora onde fez tricô na carreira anterior faça meia agora e onde fez meia faça tricô, nos pontos centrais é tudo tricô e nos 20 pontos finais ponto arroz trocando o que fez na carreira anterior.

7ª carreira: 20 pontos em ponto arroz: troque o que fez na carreira anterior, 1 aumento,2 meias,1 aumento, 2 meias, 1 aumento, 6 meias, 1 aumento, 2 meias, 1 aumento, 2 meias, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz trocando com a carreira anterior.

8ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, tricô nos pontos centrais, 20 pontos em ponto arroz.

9ª carreira: 20pontos em ponto arroz, 1 aumento, 3 meias, 1 aumento, 3 meias, 1 aumento, 8 meias, 1 aumento, 3 meias, 1 aumento, 3 meias, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz.

10ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, tricô nos pontos centrais, 20 pontos em ponto arroz.

11ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, 1 aumento, 4 meias, 1 aumento, 4 meias, 1 aumento, 10 meias, 1 aumento, 4 meias, 1 aumento, 4 meias, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz.

12ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, tricô nos pontos centrias, 20 pontos em ponto arroz.

13ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, 1 aumento, 5 meias, 1 aumento, 5 meias, 1 aumento, 12 meias, 1 aumento, 5 meias, 1 aumento, 5 meias, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz.

14ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, tricô nos pontos centrais, 20 pontos em ponto arroz.

15ª carreira: 20 pontos em ponto arroz, 1 aumento, 6 meias, 1 aumento, 6 meias, 1 aumento, 14 meias, 1 aumento, 6 meias, 1 aumento, 6 meias, 1 aumento, 20 pontos em ponto arroz.

16ª a 28ª carreiras: meia no direito e tricô no avesso.

Arremate.

No lugar do ponto arroz pode ser feito qualquer ponto a sua escolha ou só meia no direito e tricô no avesso, fica a sua vontade.

“Há pessoas tão aborrecidas que nos fazem perder um dia inteiro em cinco minutos”
Jules Renard

{ 4 comentários }

Meia de tricô feminina

Por Sula em 20 de julho de 2013

em Receitas, Tricô

Muito linda e estilosa essa meia de tricô feminina, para mulher adulta…

Meia de tricô feminina

A minha Meg sempre companheira, ela não está suja não viu gente, é mancha no pelo própria do cão…

Meia de tricô feminina

Dá para ver um pouco a sola da meia…

Meia de tricô feminina

Para fazer essa meia usei uma lã mesclada, não dá para ver direito nas fotos mas ela é em tons clarinhos de azul, verde e rosa, ficou bem delicada…

Meia de tricô feminina

Já postei outra meia igual há um tempo atrás, lá no post vocês vão saber como chegar na receita…

http://muitasartes.com.br/2011/08/meia-rendada-de-trico/

“A principal e mais grave punição para quem cometeu uma culpa está em sentir-se culpado”
Sêneca

{ 7 comentários }

Eu fiquei olhando para essa gola e pensando num nome que pudesse dar para ela, já que em inglês o nome é impronunciável para quem, assim como eu, tem a língua travada no idioma, então cheguei a conclusão que “pregueada” lhe cairia bem…

Gola de tricô amassada

Gola de tricô amassada

RECEITA:

Colocar 60 pontos na agulha nº 5.

1ª a 9ª carreiras:
1 ponto sem fazer em meia e o restante dos pontos em meia.

2ª a 10ª carreiras:
1 ponto sem fazer em tricô e o restantes dos pontos em tricô.

11ª carreira:
1 ponto sem fazer em meia, 2 meias, tirar 8 pontos em uma agulha auxiliar na frente do trabalho, 8 meias, voltar os 8 pontos e fazer meia neles, 22 meias, tirar 8 pontos em uma agulha auxiliar na frente do trabalho, 8 meias, voltar os 8 e fazer meia neles, 3 meias.

12ª carreira:
Acompanhar os pontos.

13ª a 24ª carreiras:
Fazer como as carreiras de 1 a 12.

25ª carreira:
1 ponto sem fazer em meia, 22 meias, tirar 8 pontos sem fazer em uma agulha auxiliar atrás do trabalho, 8 meias, voltar os 8 pontos e fazer meia neles, 21 meias.

26ª carreira:
Acompanhar os pontos.

A receita do ponto é só essa, repita da 1ª a 26ª carreiras quantas vezes quiser, até o tamanho desejado porque pode ser que você queira uma gola mais baixa, mais pendurada digamos assim.
Depois é só costurar juntando as duas pontas.

“Se sentes a solidão quando estás a sós, estás em má companhia”
Jean Paul Sartre

{ 26 comentários }

Cachecol-Gola de tricô

Por Sula em 14 de julho de 2013

em Receitas, Tricô

Será um cachecol ou será uma gola?
Na dúvida acaba sendo as duas coisas porque de qualquer modo esquenta o pescoço e de quebra ainda enfeita.
É o tricô sempre presente ajudando a compor um visual descolado e quentinho, eita que estou poética, alusão ao nosso hobby, hahaha…

Cachecol-gola de tricô

O babado fica parecendo uma folha não é mesmo?
O botão é costurado numa ponta e não precisa de casa para ele, é só passar pelos pontos…

Cachecol-gola de tricô

A ponta do babado fica com essa abertura…

Cachecol-gola de tricô

RECEITA:

Usei só um novelo da Sedificada (Pingouin) e agulha nº 6.

21 pontos na agulha.

1ª carreira:
9 tricôs, volta, vira o tabalho e não faz os outros pontos.

2ª carreira:
Volta e faz os 9 tricôs.

3ª carreira:
8 tricôs, vira o trabalho.

4ª carreira:
Volta e faz os 8 tricôs.

5ª carreira:
7 tricôs, vira o trabalho.

6ª carreira:
Volta e faz os 7 tricôs.

7ª carreira:
6 tricôs, vira o trabalho.

8ª carreira:
Volta e faz os 6 tricôs.

9ª carreira:
5 tricôs, vira o trabalho.

10ª carreira:
Volta e faz 5 tricôs.

11ª carreira:
4 tricôs, vira o trabalho.

12ª carreira:
Volta e faz 4 tricôs.

13ª carreira:
3 tricôs, vira o trabalho.

14ª carreira:
Volta e faz 3 tricôs.

15ª carreira:
2 tricôs, vira o trabalho.

16ª carreira:
Volta e faz 2 tricôs.

17ª carreira:
Tricotar todos os 21 pontos.

Voltar a 1ª carreira.

Repeti as carreiras acima por 8 vezes, depois, com os 21 pontos na agulha fiz ponto barra 1/1 (1 tricô, 1 meia) por 60 cm.
Arrematei e preguei o botão.

“Valorize os seus limites e por certo não se livrará mais deles”
Richard Bach

{ 13 comentários }