correntinha

Maxi Colar

Por Sula em 12 de setembro de 2012

em Variados

Atendendo a um pedido fiz esses maxi colares…

Maxi Colar

Usei couro bem molinho e colei as pedras com correntinha em volta…

Maxi Colar

“Com o vento ou com o tempo tudo passa.”

{ 1 comentário }

PAP: Franja de pompom

Por Sula em 6 de abril de 2012

em Crochê, Variados

Achei não sei onde, o pap está muito bem feito e o resultado é uma graça…

Pap franja de pompom

 

“Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo?”
Fernando Pessoa

{ 2 comentários }

Bolsa de crochê

Por Sula em 31 de janeiro de 2012

em Crochê

Fiz a bolsa em ponto baixo para ficar bem fechadinha, depois teci uma rede por cima…

Bolsa de crochê

A alça são várias correntinhas presas em argolas e depois juntadas, reforçadas e envolvidas numa faixa de pontos baixos…

Bolsa de crochê

Passei um cordão feito de correntinhas para fechar a boca da bolsa…

Bolsa de crochê

Existem modelos parecidos por aí mas este foi inteiramente criado por mim, fiz um catado de várias coisas e saiu assim. Por isso não coloco a receita aqui, fui fazendo, desmanchando e adaptando conforme apareciam as dúvidas e os problemas. Mas confesso que mesmo assim ainda não saiu do jeito que eu idealizei, acho que sou muito exigente, rsrs

 

“Não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.”

William Shakespeare

{ 1 comentário }

Colete de correntinhas de crochê

Por Sula em 23 de julho de 2011

em Crochê, Receitas

Muito diferente este modelo de colete. Só uma basequinha por baixo e pronto, ele dá todo o charme.

O ideal é fazê-lo com uma lã um pouco mais grossa, não com fios de bebê,  para facilitar ver o trabalho.

As fotos não são minhas…

Colete correntinha crochê

Colete correntinha crochê

Colete correntinha crochê

Colete correntinha crochê

Colete correntinha crochê

O Trabalho se inicia com um total de pontos correntinha que atinja a altura desejada do trabalho mais 11 correntinhas.

Na volta são executados 5 pontos baixos iniciados na 11ª correntinha.

Isto formará uma argolinha que já será o passa-fitas do trabalho.

Continua-se o trabalho fazendo tantas correntinhas, de igual número das debaixo, até alcançar a outra extremidade já reduzinho 5 pontos onde serão executados 5 pontos baixo para a virada do trabalho, 5 correntinhas, que será o biquinho de acabamento do trabalho, 5 pontos baixos, e daí por diante segue-se o mesmo trabalho da carreira anterior, até o final do trabalho.

Exemplo:

1ª carreira:

60 correntinha + 11 correntinha

2ª carreira:

5 pontos baixos na 11ª correntinha, 50 correntinhas, 5 pontos baixos, 11 correntinhas.

Repete-se até o final do trabalho, ou seja, até que atinja o tamanho da circunferência do tórax.

Coloca-se a fita no passador e pronto.

“Até a cor do arrependimento desbota com o tempo”
Carlos Drummond de Andrade

{ 9 comentários }